domingo, outubro 09, 2005

AMO-TE

Amo-te
na quietude mansa
duma tarde de outono
no meu País!
Amo-te
No aroma das rosas de toucar
nos muros
do meu País!
Amo-te
no amarelo dos pampilos
salpicando o verde
dos prados
do meu País!
Amo-te
no dealbar de cada dia
durante as quatro estações
do ano
no meu País!
Amo-te
raivosamente
nas fúrias incontidas
das tempestades
do meu País!
Amo-te
serenamente
nas tardes languescentes
nas margens dos rios
do meu País!
Amo-te
docemente
no entardecer da minha vida
nos ocasos róseos e dourados
do meu País!
E amar-te-ei sempre
a cada aurora, em cada ocaso
faça frio ou calor
até ao meu derradeiro alento
com a força indomável
das trovoadas de Maio
do meu País!...

Maria Mamede

1 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Best regards from NY! Mortage+website+design Food for people with high cholesterol

6:50 da manhã  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home