quinta-feira, junho 01, 2006

JUNHO

Olá meus queridos Amigos e Amigas!
Há já muito tempo que não tenho oportunidade de vos enviar o meu abraço através deste meio, o que significa que tenho andado muito atarefada, muito alheia e um pouco ausente (também do País); espero "entrar nos eixos" o mais breve possível, mas sei que vai ainda demorar algum tempo até que possa voltar ao vosso convívio com regularidade.

Entretanto e como já chegamos a Junho, vim oferecer-vos um Poema de que gosto especialmente, feito às festas da Cidade (do Porto, claro) e à própria, que penso poucos de vós conhecereis.

Até sempre e apesar da ausência, creiam na minha Amizade.

Um beijo enorme a todos(as) e a cada um (uma).

MARIA MAMEDE





UM HINO À CIDADE


Ai esse corpo cidade que a cidade vai abrindo
Esse corpo de ansiedade nas vidas que vão florindo...

Ai esse corpo violado que se esgueira pelas vielas
Esse corpo mal tratado nos corpos deles e delas...

Ai esse corpo almofada sem atavios riqueza
Corpo de pedra lavrada, corpo de vida burguesa...

Ai esse corpo cidade com traineiras na lonjura
Sempre manhã, sempre tarde, nos braços da noite escura...

Ai esse corpo doçura no amor de quem lhe quer
Esse corpo dedilhado, como guitarra-mulher...

Ai esse corpo de espanto desta cidade brumosa
Todo riso, todo pranto, todo amante ansiosa...

Ai cidade marginal no desespero dos dias
Cidade nobre e leal de muitas democracias...

Ai encanto de pintores, de poetas, doutros mais
De jardins cheios de cores, de tertulias ancestrais

És cidade toda Povo de manjerico na mão
E és Porto de igualdade em Noite de S.João!...



MARIA MAMEDE

14 Comments:

Blogger jorgesteves said...

Como escreveu António Sardinha:
'Chamou-se Portucale o burgo antigo / à flor das ondas a cismar consigo, / é terra ainda e já pertence ao mar...'

amizade,
jorgesteves

12:02 da tarde  
Blogger wind said...

Pelo que conheço do Porto está muito bem retratado na tua bela poesia:) beijos

12:33 da tarde  
Blogger Lmatta said...

Esta lindo
gostei muito Bravo
beijocas

11:19 da tarde  
Blogger Licínia Quitério said...

Bem vinda! Já tinha dado pela falta dos teus belos Poemas.
Beijinho.
Licínia

6:03 da tarde  
Blogger M.P. said...

Olá! Soube pelo Movimentum" do Zé Gomes que fez anos ontem! Quero deixar-lhe aqui os meus desejos de tudo de BOM neste novo ano de Vida! Um bejinho de Parabéns se bem que atrasados!

10:13 da tarde  
Blogger Todo o mundo é um palco said...

MAIS UM ANO DE VIDA
Mais um ano de vida não é nada
No círculo da Vida, em rotação,
É um instante apenas, madrugada
De um Novo Dia em gestação.

Mais um ano de vida é, no entanto,
Mais um sopro de alento, brisa, aragem
Enchendo o teu rosto de um encanto
Tão belo como é tua coragem.

Celebra, Amiga, este teu dia
Penetrando com teus olhos sábios
As veias do Futuro, na Poesia
Que trazes sempre à flor dos lábios.

E dá-nos, nos teus versos, a certeza
Que a Vida que respiras e que cantas
Condensam em si a Natureza,
A mesma que retratas com beleza
Nos versos com que tanto nos encantas.

4 de Junho de 2006 (dia de aniversário da Maria Mamede)
Fernando Peixoto

10:39 da tarde  
Blogger De Amor e de Terra said...

Meus queridos Amigos e Amigas,
agradeço reconhecida as vossas mensagens e os parabéns.
Mais um é menos um, mas a verdade é que é bom estar viva!!!
Que a VIDA vos seja propícia em Paz e Amor.
Um beijo enoooooooooooooooorme de muita Amizade da
Maria Mamede

7:45 da manhã  
Anonymous Daniela Mann said...

Cheguei aqui através do blog do Zé Carlos e gostei muito!
Beijinhos da Daniela

6:57 da tarde  
Blogger Marco Martins said...

Entrei pela primeira vez no teu espaço poético, e posso garantir que vou abraçá-lo... adorei a tua descrição da cidade, predomínio do amor da beleza natural, enfim estou contente, li algo que enbeleza mais uma noite da minha vida... Obrigado *

12:41 da manhã  
Blogger Menina_marota said...

Uma Maravilha!

"...Ai encanto de pintores, de poetas, doutros mais
De jardins cheios de cores, de tertulias ancestrais..."

Adorei.

Deixo um abraço carinhoso e saudoso e espero que me perdoes as ausências, mas sabes como é a minha vida...

Beijo ;)

8:45 da manhã  
Anonymous lique said...

Olá, minha amiga, também eu estive uns diazitos fora, o que não me permitiu associar-me aqui à festa de aniversário. Parabéns atrasados mas do coração.
Adorei o teu poema a essa cidade linda que abracei como minha.
Beijinhos

3:45 da tarde  
Anonymous Daniela Mann said...

No amar-ela há uma surpresa para si!

1:47 da tarde  
Blogger Paula Raposo said...

Adoro a tua musicalidade!

3:41 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

You have an outstanding good and well structured site. I enjoyed browsing through it » »

8:32 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home