domingo, outubro 09, 2005

CHORINHO

Ó minha flor dos cansaços
No cansaço das esquinas
Do coração em ruínas
Nos mistérios de viver,
Ó minha lua de prata
Da prata-dor da tristura
Da prata-dor de morrer
Quem disse que é verdade
O amor sem a saudade
De o viver em liberdade
Na verdade de o não ter?!...


Maria Mamede

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home