terça-feira, dezembro 06, 2005

NÓS PARAMOS O TEMPO...

Nós paramos o tempo
Não há tempo a chegar
Só existe o momento
Para amar, para amar...

Nós paramos o tempo
No amor que se faz
Meu Amor, que momento
Que teu tempo me trás...

Nós paramos o tempo
O momento fugaz
Neste louco momento
Que esta sede nos faz...

Meu amor que tormento
Que o logo me trás!
Meu amor sofrimento
Meu amor tão fugaz...

Nós paramos o tempo
Nós paramos a vida
Vivendo o momento
Quando ela esquecida

De nós se evola...
Nós gastamos o tempo
Na voz, na viola
Só nuvem, momento

Só tempo de amor;
Neste tempo de paz
Foguete de cor
Só tempo fugaz
Sem a dor, sem a dor...

Nós paramos o tempo!
Nós banimos a dor !
E vivendo morremos
De amor, só de amor!...


Maria Mamede

4 Comments:

Anonymous Maria do Céu Costa said...

Só hoje tive o prazer de conhecer este cantinho, no qual me senti bem no meio da Poesia.
Este seu poema fez-me recordar um que escrevi aqui há uns tempos, embora diferente.
Gostei de ler este seu "Nós paramos o Tempo", um trabalho ritmado e rimado. Voltarei, beijinhos.

10:40 da tarde  
Blogger Zé Carlos said...

Olá minha amiga Maria.
Me desculpe a falta pois ando correndo um pouco e não tenho podido fazer minhas visitas às pessoas queridas e a quem tanto quero. Agradeço de coração por todos os lindos comentários que deixa diariamente nos meus Flogs e Blogs.... Venho admirar estas obras maravilhosas que você compõe com maestria mas nem sempre deixo marcas....
Um abraço bem apertado, bem brasileiro nesta patrícia adorável, Zé Carlos

1:03 da manhã  
Blogger De Amor e de Terra said...

Obrigada Amiga Maria do Céu e obrigada ao meu querido Amigo Zé Carlos (do outro lado do mar)
Sempre que queiram este meu jardim espera por vós.
Beijios em forma de Flor
da vossa

Maria Mamede

3:39 da tarde  
Anonymous Maria do Céu Costa said...

Vim aqui de novo à procura de um novo post. Bom fim de semana. Beijinhos.

6:39 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home