segunda-feira, janeiro 09, 2006

SE ALGUÉM PERGUNTAR POR MIM...

Se alguém perguntar por mim,
Diz que morri!...
Será mais fácil de explicar
E mais verdade;
Também é morte viver nesta ansiedade
Também é agonia este esperar
Esta incerteza atroz, que vem de ti...
Se alguém te perguntar
Diz que parti
Num caixão de sol, de madrugada
De malmequeres e rosas enfeitada
E amores em ramo, presos, junto ao peito...
Se perguntarem por mim
Fiquei no vento
No dia que esmorece
No pensamento
De quem amei, por quem sofri,
Naquele jeito
De ficar partindo
Nesse jeito milenar
Simplicidade...
E partindo fiquei
Tão sem vontade
Tão amante dos verdes e caminhos
Que meus sentidos
Seguiram sozinhos
E eu me quedei
Eternidade!...

Maria Mamede

9 Comments:

Blogger AS said...

Minha querida amiga, se alguém perguntar por ti, dir-lhe-ei que te encontrará nestes belos poemas de amor e terra!...

(Não imaginas como me tem custado a minha ausência.... mas isto está quase!)

Um abraço

8:46 da tarde  
Blogger wind said...

Belíssimo poema! beijos

1:03 da manhã  
Blogger De Amor e de Terra said...

Olá meus Amigos e Amigas!

Meu querido Amigo Al, também nos custa a nós não te ter connosco, no entanto, assim é necessário.
Ficamos à tua espera e vamos matando saudades através dos Blogs.
Um beijo de Amor e de Terra desta Amiga

À Amiga Wind, também um grande beijo em forma de flor e o meu enorme agradecimento pelo seu comentário.

Maria Mamede

6:04 da tarde  
Blogger Seila said...

Ora que bem me soube lê-la! Senhora, por mim já escutada!
Cumprimento-a de vénia,
embasbacada,
meio a sorrir,
meio a choramingar,
neste cantar cadente
que é ler sua palavra!

11:10 da tarde  
Blogger Zé Carlos said...

Maria, você é mesmo e sempre MUITO especial.... bjs do seu amigo do Brasil, Zé Carlos

1:26 da manhã  
Blogger amita said...

Minha amiga. Me deleito em tuas letras que "quase" as faço minhas. O meu imenso obrigado pelas palavras, pelo incentivo. Do alto da montanha contemplo... e medito.
Um bjo cheiínho de amizade e um doce sorriso

2:44 da tarde  
Blogger De Amor e de Terra said...

Bom dia Amigas e Amigos!
Para além de vos deixar, a cada um, a flor do meu agradecimento pela vossa visita, que dizer à Seila, que gostei muito da sua mensagem; obrigada.

À minha querida Amita, que fiquei feliz, como sempre fico, com a sua passagem e as suas palavras;

E ao meu querido Amigo Zé Carlos, que sempre que pode dá um "passeiozito" por este jardim,
e me deixa uma "pegada" doce, e um rasto de Sol, um Bem-Haja, envio
um girassol e uma mariposa branca.

A todos (as)
A alegria imensa de vos acolher!!!

Maria Mamede

9:28 da manhã  
Blogger Luiz de Aquino said...

Olá, Poetisa!

Pesquisava sobre meus livros e, ao digitar o título "Poemas de amor e Terra" (o mais recente dentre os meus), deparei-me com seu lindo blog.

Luiz de Aquino (de Goiânia, Brasil)
poetaluizdeaquino@gmail.com
http://penapoesiaporluizdeaquino.blogspot.com

10:24 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Aprendi muito

9:40 da manhã  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home