quarta-feira, março 08, 2006

Queridas(os) Amigas (os)

Como hoje o dia se convencionou ser para homenagear as Mulheres, (coisa que eu acho deveria ser feita todos os dias), a minha homenagem será através dum pequeno poema inserido no meu livro "Poemas Maiatos" e que diz respeito à freguesia de Pedrouços.


O mar andou lá pelo Monte dos Castros
Dizem as conchas,
No tempo em que os astros
Andavam rentes ao chão.
E cobriu a terra toda
No tempo do Dilúvio,
Com água chorada por mim
E por todas as Mulheres.


Maria Mamede

3 Comments:

Blogger lique said...

Já conhecia mas releio sempre com o mesmo prazer. Beijo, Maria.

11:15 da manhã  
Blogger Ana Maria said...

Maria as minha lagrimas são as azuis.
eu sabia que já a conhecia porque quando leio alguns nomes nunca os esqueço.
grande este poema cheio de simbolos.
um jinho

6:21 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Wonderful and informative web site. I used information from that site its great. »

6:04 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home