segunda-feira, janeiro 19, 2009

SOU O ÚLTIMO NAVIO

Sou o último navio!

Nem sol nem mar lambendo o casco
nem vento alisando velas...
só noite e demógenes
candeia de lonjura
sulco dorido
na quilha do tempo.

Sou o último navio!

E o cais de acostagem
será o fim e o princípio de tudo!...



Maria Mamede

9 Comments:

Blogger Paula Raposo said...

Sem dúvida...o princípio e o fim de tudo. Muitos beijos, gostei imenso!

9:03 da tarde  
Blogger Maria said...

Se quiseres será só o princípio de tudo... de outro tudo...

Um beijo, Maria Mamede

4:34 da manhã  
Blogger FERNANDA & POEMAS said...

QUERIDA MARIA MAMEDE, GOSTEI DO TEU POEMA... SUBLIME!!!
UM ABRAÇO DE CARINHO E TERNURA,
FERNANDINHA

12:06 da tarde  
Blogger contracena said...

Tudo tem um princípio e um fim. Nós próprios: Nascemos! Morremos!

Repito-me: Belo poema, como sempre!

Um abraço.

9:21 da tarde  
Blogger José Rui Fernandes said...

É belo o navio,
mesmo se no cais fundeia a tarde.

Abraço
JRF

1:59 da manhã  
Blogger Graça Pires said...

Ser o navio. Ser ao mesmo tempo o cais de chegadas e partidas...
Belo poema.
Um beijo.

10:16 da manhã  
Blogger O Profeta said...

CONVITE

Porque as palavras são tantas, imensas, são ternura o afago, cruéis ou vil loucura. Quando ditas não voltam à boca.

Convido-te a partilhar “ALQUIMIA DAS PALAVRAS” no lançamento do livro com o mesmo nome da autoria de Armando Moreira, que terá lugar no dia 24 de Janeiro de 2009 pelas 21 horas e 30 minutos no Coliseu Micaelense.

O livro será aberto e do seu interior irão brotar canções, histórias e teatrices numa noite em que o feitiço estará presente e será servido por actores, cantores e poetas com a magia da Palavra…


Mágico beijo

3:25 da tarde  
Blogger Lmatta said...

Lindo poema parabéns
beijos

4:05 da tarde  
Blogger Úrsula Avner said...

Linda e envolvente poesia. Amei seu estilo de escrita poética e tenho pela poesia amor semelhante ao seu. Prazer em te conhecer, ainda que virtualmente. Bjs.

9:09 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home