sábado, agosto 28, 2010

POEMA 29

de um novo livro quase terminado, o poema 29, inspirado nos seguintes versos :




"queria de ti um país de bondade e de bruma
queria de ti o mar duma rosa de espuma"

Mário Cesariny





e se mar fosses
meu amor
país de rosas de toucar
à flor da água
de espuma
seria a minha dor
e minha mágoa
meu amor
de bruma...


Maria Mamede

8 Comments:

Blogger Maria said...

'meu amor de bruma'...

É belíssimo, querida Maria.

Deixo-te um beijo grande.

5:40 da manhã  
Blogger avlisjota said...

Olá Maria M

pureza do amor, tem sempre a grandiosidade do mar!...
o mar de rosas

Bjs e boa semana!

José

8:05 da tarde  
Blogger Graça Pires said...

Um poema de amor à flor da água ou da pele...
Um beijo.

12:16 da tarde  
Blogger Filoxera said...

"Amor de bruma"- uma imagem que adorei!
Beijinhos.

10:33 da tarde  
Blogger pin gente said...

que fotografia me fizeste passar pelos olhos, maria mamede!

muito belas as tuas palavras

um beijo
luísa

9:46 da tarde  
Blogger Aquarela said...

Excelente fonte inspiradora o Mário Cesariny

coincidencia (ou não...) ja pintei um quadro inspirando-me nesses versos dele... a pedido de uma pessoa amiga que mantem hoje essa frase perto do respectivo quadro...

Lindíssimo maria o seu poema, maravilhoso!


Um dia destes vamos tomar um chã juntas?

beijinhos
claudia

9:20 da tarde  
Blogger Aquarela said...

Maria... queria dizer um chá :-) e nao um chã

E maria será sempre com letra grande... Maria!!!

desculpe
bjs
claudia

9:23 da tarde  
Blogger José Rui Fernandes said...

Desde que conheço a Maria Mamede que sou fiel leitor e admirador dos seus poemas.

Um deles aqui está no meu blogue:
Sigo o voo dos pássaros

Grande abraço, minha Amiga

1:36 da manhã  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home