sábado, janeiro 09, 2010

E POR FALAR EM OLHOS... (ainda)

deixo-te
descubro-me
outro lado de ti
sombra
noite
então fico
pássaro calado
bebendo
em teus olhos
a mágoa
da saudade


Maria Mamede

14 Comments:

Blogger Maria said...

Deixas-me sem palavras com este olhar de pássaro bebendo a saudade...

Um beijo, minha querida
e um excelente 2010 para ti

6:02 da tarde  
Blogger Contracena said...

A saudade que fere as asas. Pode até cortá-las, e nada mais fica, senão o silêncio.

Beijo Maria Mamede!

11:59 da tarde  
Blogger José Rui Fernandes said...

Pássaro calado,
Mas ainda alado,
Voa, voa alto,
Deixa que te toque o sol.


Um beijo,
ZR

12:15 da manhã  
Blogger Patrícia said...

Sempre fantástico, Maria. Não tenho mais nada para dizer. De repente fugiram-me todas as palavras.

Beijinhos=)
Patrícia

1:33 da tarde  
Blogger Graça Pires said...

"Pássaro calado". Como se a saudade nos pusesse no olhar os voos impossíveis.
Um beijo.

2:47 da tarde  
Anonymous utopia das palavras said...

Beber a saudade é uma expressão poética linda!

Os olhos dessa saudade, foi o que senti neste poema!

Um beijo

3:22 da tarde  
Blogger margusta said...

Querida Maria Mamede,
Adorei o seu poema, e experimentei ler de baixo para cima...

"da saudade
a mágoa
em teus olhos
bebendo
pássaro calado
então fico
noite
sombra
outro lado de ti
descubro-me
deixo-te"

E não é que ficou igualmente belo!

Um beijo de saudades,
Margusta

2:33 da tarde  
Blogger ayshynek said...

Olá Maria como está?
Depois de muito tempo afastado decidi voltar e continuar a história inacabada. Já publiquei um novo passo e espero prosseguir com mais assiduidade!

Um abraço!

2:50 da manhã  
Blogger Filoxera said...

Também conheço a mágoa da saudade. De vários tipos de saudade...
Um beijo.

12:18 da manhã  
Anonymous Manuela Carneiro said...

Um poema lindo de saudade, triste.
A alma a rasar a solidão.
Tuas asas em poucas palavras a denunciar a vida.
Adoro a beleza e a simplicidade dos teus poemas!
Um abraço forte e um beijo amigo.

10:16 da manhã  
Blogger Serenidade said...

Maria Mamede a sua presença é de grande valor.

Primeiro nasceu a vontade de escrever,

depois o blog, completando 4 anos, este mês,
em seguida, fui alimentando a ideia de colocar em livro o que escrevo,

no próximo sábado nasce, juntamente com a EDITA-ME, o RETALHOS SERENOS.

06 Fevereiro de 2010 - 17h
aparece no Bela Cruz (junto ao Castelo do Queijo)

Vem presentear-me com a tua presença.

10:44 da manhã  
Blogger alice said...

tendo recebido do josé gomes o convite para o lançamento do seu livro, decidi publicá-lo no meu blog para divulgação do evento. até dia 20, querida maria mamede. um grande beijinho.

2:45 da tarde  
Blogger Aquarela said...

Parabéns pelo belo poema... e pelo novo livro.

Com pena minha nao estarei no Porto no próximo sábado, gostaria muito de assistir ao lançamento...

Um abraço
E felicidades
ana claudia

7:33 da tarde  
Blogger Chloé said...

Olá. Caí aqui passeando pela net...saltando de blog em blog. Que texto bonito, leve como o sentimento...voltarei. Beijo bloguista.

2:40 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home