quinta-feira, novembro 26, 2009

ÚLTIMA CARTA

Escrevi-te
como quem pedia água
de que nunca terás sede;
como quem dá
a certeza do Azul
nos dias mais cinzentos;
como quem se dá
na certeza
da troca
que nunca virá.
Escrevi-te
e chamei-te asa
como quem diz
nuvem
e disse viagem
como quem diz
rio
e fogo
e dor...
desta vez, porém
escrevo-te
e chamo-te
longe
como quem diz
lágrima
e despedida!...

Maria Mamede

14 Comments:

Blogger José Rui Fernandes said...

Nos poemas caminhados
ficam as pegadas de uma vida...

Firme é o desejo de que a palavra dê à luz nova palavra, numa sucessão infinita... enquanto possa durar!...

Amizade e um beijo, Maria Mamede.
José Rui

1:51 da manhã  
Blogger Ana said...

Tão triste e tão belo. Água para quem tem sede de poesia.

Um beijo, Maria.

2:04 da manhã  
Blogger Maria said...

Tão belo... comovente... e triste...
Lágrimas e despedidas...como se fosse a última vez...

Um beijo, Maria Mamede

3:15 da manhã  
Blogger Sonia Schmorantz said...

Tão linda esta carta...
beijos, ótimo fim de semana

6:03 da manhã  
Blogger Graça Pires said...

Escrever amor como quem diz solidão...
Um poema maravilhoso.
Um beijo.

3:40 da tarde  
Blogger Contracena said...

A "ÚLTIMA CARTA", bela, de amor. (ridícula)

"...
Mas, afinal,
Só as criaturas que nunca escreveram
Cartas de amor
É que são
Ridículas.
..."

Um beijinho.
Fátima.

11:39 da tarde  
Blogger Patrícia said...

Eu nem sei o que dizer deste poema. A sério, acho que me deixou bastante comovida. Adorei o ritmo, o jogo de palavras, a emoção transmitida...

Adorei

Beijinhos Maria=)
Patrícia

10:38 da manhã  
Blogger Aquarela said...

Maravilhada com os seus poemas... e obrigada por todos os sentimentos que aqui vi renascer, o que tantas vezes tentamos dizer com o olhar... com os gestos... com os sorrisos e as lagrimas, mas com as palavras... só quem tem este dom!

Muitas felicidades!
voltarei aqui...

ana claudia albergaria

11:11 da tarde  
Blogger O Profeta said...

Porque será que os pássaros
Cantam na partida do dia
Porque será que um amante ausente
Fica de alma apertada, vazia?

Porque será que as ondas lamentam
Em sussuros de sal no areal
Porque será que as rezas são feitas
Para correr para o longe o perverso mal?


Boa semana


Doce beijo

9:37 da tarde  
Blogger Filoxera said...

Fiquei de olhos marejados...
Podia ter sido escrito por mim, se soubesse moldar palavras em jeito de poesia.
Beijinhos.

11:22 da tarde  
Blogger Naty e Carlos said...

Que o seu Natal seja cheio de paz e harmonia
em companhia dos amigos e da família.
Que a passagem deste ano
renove e revigore
em todos nós a esperança
de saúde,
prosperidade,
bem estar
e felicidade.
Boas Festas

12:01 da manhã  
Anonymous joao Norte said...

Lindo.

12:37 da tarde  
Anonymous alfacinha said...

não espero que seja a sua última carte. é tão lindo

11:35 da manhã  
Blogger Sonia Schmorantz said...

Natal...
É o mês de confraternização
Agradecimento pela vida
Bênçãos ao filho de DEUS
União, amor, reflexão!

Que o bom velhinho traga um saco cheinho de paz,
harmonia, fraternidade
Que o gesto de ternura se estenda de várias mãos
Que ao som dos sinos
O amor exploda em toda direção!

FELIZ NATAL!
UM ANO NOVO DE FÉ E SUCESSO!

3:10 da manhã  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home