sábado, agosto 14, 2010

S/ TÍTULO

(S/ poema de David Mourão Ferreira)


...e por vezes
só a fome dura meses
e esta sede de ti
eternidades
por vezes não arrisco
as verdades
nas mentiras que dizes
tantas vezes...


Maria Mamede

7 Comments:

Blogger Maria said...

David Mourão-Ferreira estará a sorrir depois de te ler...
Gostei muito!

Beijo, Maria.

3:32 da tarde  
Blogger Filoxera said...

Contradições amorosas...
Gostei.
Beijinhos.

9:56 da tarde  
Blogger Graça Pires said...

Os equívocos do amor que tantas vezes nos magoam...
Um beijo.

12:14 da tarde  
Blogger © Piedade Araújo Sol said...

MM

uma boa escolha!

beij

2:24 da tarde  
Blogger Aquarela said...

Lindo!!!
beijino

8:35 da tarde  
Blogger © Piedade Araújo Sol said...

boa semana!

beij

8:27 da manhã  
Blogger ayshynek said...

Que bonito e tão verdadeiro! Acho que vou tentar decora-lo! Torna-se muito simpático saber dize-lo!
Muito boa escolha!
Um Abraço

12:38 da manhã  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home