sábado, abril 02, 2011

ORAÇÃO

Saudosa de ti

devolvo-te às águas placentárias

da eterna sensação de recomeço

e peço

um glamoroso fim para nós dois...

depois

do céu virá

a esplendorosa estrela da manhã

'inda criança

aliança

a unir o que não há!



Maria Mamede

8 Comments:

Blogger Cata- Vento said...

Mais um poema muito bonito como costumam ser os teus.´
Bem-hajas, amiga!

Beijinhos

11:57 da tarde  
Blogger tecas said...

Ontem vi que tinhas postado esta oração, mas abria o blog e continuava com o mesmo. Hoje consegui chegar à tua oração poética. Linda.
Bjito amigo e uma flor.

2:14 da manhã  
Blogger Aquarela said...

Há tanto para unir... neste universo onde habita a saudade... e a esperança...de um reencontro!

beijinho com carinho

1:42 da tarde  
Blogger Graça Pires said...

Um poema para rezar...
Beijos.

12:24 da tarde  
Anonymous Manuela Carneiro said...

Querida amiga... porque fim não há, só o teu corpo e da tua alma numa eterna aliança renovada de saudade, amor e poesia!
Bjos e Xis

3:52 da tarde  
Blogger José Sousa said...

Olá querida amiga !
Aqui estou lendo o seu post, como sempre, um poema lindissimo mesmo!

Um abraço e um beijo
Bom final de semana.

7:40 da tarde  
Blogger Patrícia said...

Maria, como é bom poder voltar aqui!! A tua poesia deixa sempre em mim a sensação de paz interior, algo tão puro e poético que será difícil de exprimir por palavras.
Belíssimo, como sempre.

Gostava que passasses pelo blog "O Poder da Ironia" e me falasses da tua terapia contra o aborrecimento. És sempre bem-vinda no meu espacinho.

Beijinhos Maria=)
Patrícia

5:54 da tarde  
Blogger Filoxera said...

Tem uma boa Páscoa, amiga.
Beijinhos.

2:41 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home