sexta-feira, março 11, 2011

DIVERSO

Com sorrisos
no olhar
de regresso
à juventude
toda me enfeito
de cor;
esqueço a idade
e a dor
e recupero
a virtude
de crer no tempo
a chegar...
não sei que fizeste
em mim
ou que te dei eu
em troca
sei apenas
que é na boca
que palpita
o coração
e os beijos
que nos damos
nela, na face,
na mão
são como a água
a correr;
tão lindo
tão bom de ver
tão diverso
da paixão!...

Maria Mamede

7 Comments:

Blogger tecas said...

«Diverso», o amor... que rejuvenesce, tão lindo, tão suave, tão doce...
Lindo o teu poema querida M.M.
Bjito amigo

3:48 da tarde  
Blogger Filoxera said...

Uma ternura de post...
Beijinhos.

6:34 da tarde  
Blogger © Piedade Araújo Sol said...

da paixao e da ternura.

beij

9:20 da tarde  
Blogger Folhetim Cultural said...

Olá gostaria que visita se meu blog que é dedicado a cultura. Espero que goste nele tenho uma coluna poética aos sábados ás 09 da manhã espero poder contar com sua visita.

Sucesso em seu espaço.

Magno Oliveira
Twitter: @oliveirasmagno ou twitter/oliveirasmagno
Telefone: 55 11 61903992
E-mail oliveira_m_silva@hotmail.com

1:48 da tarde  
Blogger aflores said...

...um "Diverso" com ternura e muito sentido.

Tudo de bom.

3:33 da tarde  
Blogger Cata- Vento said...

Um regresso à juventude acompanhando a Natureza que se prepara para rejuvenescer em força.
Lindo e ternurento este poema.

Bem-hajas, Poeta!

Beijinhos

9:46 da manhã  
Blogger Aquarela said...

Amor... sempre o Amor que se renova e se eleva, sempre, ao mais sublime dos sentimentos...

Muito bonito este poema... parabéns minha amiga!

11:47 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home