sábado, julho 21, 2007

QUANDO TE CONHECI

Quando te conheci
estalaram fogos de artifício no céu do meu espanto
e meu coração abriu-se em flor
papoila vermelha
desabrochando ao quente sol de agosto
desta paixão.

E houve coros de Anjos e responsos profanos
Hossanas e Aleluias e saudações à Natureza!

Quando te conheci
reescreveu-se a beleza das cores e os pontos cardeais
renasceram as procissões
os passeios a pé, aos domingos
e as bandas a tocarem nos coretos das praças!

Quando te conheci
rebentaram os diques da tristeza
a alegria jorrou nos coretos dos jardins
e foi a festa!

Quando te conheci
reinventou-se a Felicidade!...


Maria Mamede

(In "Lume")

33 Comments:

Blogger wind said...

Já tinha lido, um dos mais belos poemas de caracterização a quem se apaixona:)
Beijos

4:16 da tarde  
Blogger Sophiamar said...

Minha Querida Maria Mamede

Quando te conheci, o meu coração qual flor, abriu, coloriu e perfumou.Quando vir quem tão belos poemas faz, a alegria irromperá na minha alma e atrever-me-ei a dedicar-te umas quadras.
Beijinhos . Muitossss

Tem um bom Domingo e uma excelente semana

4:18 da tarde  
Blogger Sophiamar said...

Tenho este livro, o último, desde que o lançaste e acho-o uma maravilha. Quanto ao conteúdo , já sabes o que penso.Excelente! Quanto à encadernação, gravura, formato está também muito bonito.Apelativo mesmo. Em capa preta o lume incandescente parece arder.
Beijinhos

4:21 da tarde  
Blogger De Amor e de Terra said...

Olá Isabel-Wind, boa tarde Amiga.
Obrigada pela vinda e comentário.

Um beijo enorme e resto de Bom Domingo.

Maria Mamede

4:42 da tarde  
Blogger De Amor e de Terra said...

Olá Sophiamar, Isabel Madrugadora, boa tarde minha querida Amiga;Obrigada pela tua visita.
Que bom que tens o meu livro...
Espero dentro em breve que haja mais. Quando isso acontecer, enviarei convites.Até lá, vou escrevendo...

Um resto de Bom Domingo e um beijo enoooooorme desta Amiga, para já virtual

Maria Mamede

4:44 da tarde  
Blogger Bichodeconta said...

Divino simplesmente este poema como sempe.. FICA-SE DE ALMA CHEIA.PARABÉNS.. Deixo um abraço..e o desejo de boa semana.

8:03 da tarde  
Blogger De Amor e de Terra said...

Olá Ell, boa tarde; Um beijo enorme de agradecimento e também os meus votos de boa Semana



Maria Mamede

8:15 da tarde  
Blogger Waipu Carolina said...

Un poema bello, lleno de dulzura y sentimientos hermosos. Puedo regalarlo a mi pareja...
Un abrazo

8:40 da tarde  
Blogger residente said...

A população de uma rua da cidade de Almada está indignada com a falta de ética política e desrespeito a compromissos assumidos por alguns autarcas, nomeadamente a Presidente da CMAlmada, que não querem respeitar uma decisão democrática do Governo, a favor dos residentes locais.
Aceda a http://triangulodaramalha.blogspot.com e veja as razões dos moradores.
A imprensa escrita não divulga actualmente esta atitude antidemocrática da Presidente da Câmara e seus acompanhantes.

8:44 da tarde  
Blogger De Amor e de Terra said...

Hola Carolina, buenos días! Que bueno que te gusta...
de verdad que es un privilégio cuando uno de los poemas que escribo guste a la gente y lo sienta un pocco suyo para oferecerlo a los que ama.
Muchas gracias Amiga y buena semana.

Un beso de

Maria Mamede

6:40 da manhã  
Anonymous Friedrich said...

Tenho de perder um tempinho por aqui... Já vi que estou perante uma mestre da palavra, que se transforma em poesia!

Um beijo minha querida!

10:45 da tarde  
Blogger Maria said...

Excelente, este poema....
Já tinha saudades de te ler...

Beijo

4:26 da manhã  
Blogger De Amor e de Terra said...

Bem-vindo Friedrich a esta casa;
Obrigada pelas tuas palavras; também tenho gostado muito do que escreves, com tanta paixão.Por cá,
deixo o portãozinho aberto para novas visitas.
E prometo que também te visitarei.

Um abraço da

Maria Mamede

7:58 da manhã  
Blogger De Amor e de Terra said...

Olá Maria! Obrigada por teres vindo!
Também eu te dou o meu ABRAÇO, cheio de carinhosos desejos de Paz
neste mundo de Amor e Terra.



Maria Mamede

8:00 da manhã  
Blogger Joana DÁrc said...

A felicidade é assim cara amiga. Um gesto de carinho ou uma surpresa bonita, uma palvra amiga.
Gostei muito desta sua poesia.

10:02 da tarde  
Blogger De Amor e de Terra said...

Olá Joana, boa noite!
Que bom que apareceu!
È sempre muito gratificante que alguém goste do que fazemos e que tenha o mesmo tipo de sensibilidade.

Um beijo e até sempre.

Maria Mamede

10:51 da tarde  
Blogger Sophiamar said...

Minha querida Maria Mamede

Tens no perfil que és uma mulher que respira poesia e eu acrescento,que fazes respirar poesia a todos que te conhecem.
Quando te conheci...fiquei muito mais rica.
Poesia é um "alimento vital"!
Beijinhos

8:22 da manhã  
Blogger De Amor e de Terra said...

Olá minha querida Isabel, bom dia!
Tal como dizia Natália Correia..."A Poesia é para comer...!

E eu acredito e sinto-isso!!!

Beijos

Maria Mamede

11:06 da manhã  
Blogger Sophiamar said...

Se "a poesia é para comer..." comamo-la então. Ficaremos, com certeza, bem alimentados ainda que espiritualmente. Disso,da qualidade do alimento, tenho a certeza. Através dela, observo/sinto o mundo com outros olhos e outra pele.
Madrugadora Maria, desejo-te um dia excelente.
Beijinhos

7:49 da manhã  
Blogger Sophiamar said...

Por favor, passa pelo meu blog. Tens lá um desafio. Dar-lhe-ás o rumo que entenderes.
Beijinhos

4:27 da tarde  
Blogger amigona avó e a neta princesa said...

Não lembro quando te conheci...mas sei o quanto gosto de te ler...beijo...

4:48 da tarde  
Blogger De Amor e de Terra said...

Boa tarde minha linda Isabel!
Obrigada por apareceres por cá; quem sabe se um dia destes será para um cházito!!!

Quanto ao desafio, lá irei Amiga, lá irei!

Um beijo enooooooooorrrrrme.

Maria Mamede

6:49 da tarde  
Blogger De Amor e de Terra said...

Boa tarde minha linda Isabel!
Obrigada por apareceres por cá; quem sabe se um dia destes será para um cházito!!!

Quanto ao desafio, lá irei Amiga, lá irei!

Um beijo enooooooooorrrrrme.

Maria Mamede

6:49 da tarde  
Blogger De Amor e de Terra said...

Olá VÓ Amigona...neste dia especial para as Avós, que tenhas sido lembrada dum modo também especial;
um beijo e agradecida pelo teu passeio neste meu canto.
Beijos também para a Princesa Neta.

Maria Mamede

6:51 da tarde  
Blogger a.filoxera said...

estou cansada, de modo que me fico por uma palavra, para caracterizar o poema: excelente.
E uma questão, a acompanhar o comentário de Sophiamar: a mim, que não conheço, diga-me, aqui que ninguém nos ouve, os nomes dos seus livros, sim?

11:13 da tarde  
Blogger De Amor e de Terra said...

Olá minha querida Menina A.Filoxera, boa tarde!
Só hoje vim ler outros textos que não o último. E que bom que a encontrei...
Livros são alimento de que preciso sempre para matar esta fome, que espero me acompanhe até ao dia derradeiro...
Já li muitos, mas sei que há infinitamente mais que eu gostaria de ler;
Aqueles de que me lembrei foram os que estão no post a seguir, mas tenho lido de tudo desde a literatura cor de rosa, a de cordel, até às Religiões, Filosofias,incluindo budistas, exotéricas e espiritualistas, alguns de psicologia, (coisas simples, evidentemente, ao nível da minha capacidade nestas matérias) ovnilogia, e sempre e cada vez mais POESIA, portuguesa e do mundo, dos que sei ler no original(poucos) e dos outros(muitos) que tenho de ler traduzidos e finalmente todos os de AMOR, em todas as suas vertentes.
Nomes, será difícil falar de muitos, principalmente de títulos
mas uma coisa é certa AMO-OS a todos e a cada um deles que algures um dia passaram pelas minhas mãos, pelos meus olhos e sobre tudo pela minha alma.

Um Beijo de todas as cores Amiga
e espero ter respondido razoavelmente à sua pergunta.

Maria Mamede

3:07 da tarde  
Blogger Menina_marota said...

Conheço bem este poema, de tantas vezes o ter lido.

Quando te conheci, descobri a magnifica Poeta que és.

Um abraço carinhoso ;)

4:48 da tarde  
Blogger De Amor e de Terra said...

Minha Amiga "tão menina e tão marota", obrigada pela tua vinda e pelo elogio.
Vou tentando e teimando sempre, bem sabes... e o caminho faz-se caminhando!
Um beijo enorme e bom fim de semana.

Maria Mamede

8:57 da tarde  
Blogger a.filoxera said...

A minha pergunta referia-se a livros de sua autoria... Tem?
Quanto ao prazer da leitura, é em mim tão intrínseco como a própria vida. Herdei-o do meu pai, que sonhava não com o ter uma biblioteca em casa, mas viver numa biblioteca. E os meus filhos continuam a tendência...

12:20 da manhã  
Blogger De Amor e de Terra said...

Olá Amiga A.Filoxera, boa tarde!
Respondendo à sua pergunta, que peço me desculpe não ter entendido à primeira, é verdade...tenho alguns. Creio que neste momento nenhum deles está à venda.
O último lançado em Janeiro deste ano, tanto quanto sei esgotou. Creio que farão uma 2ª.edição, mas ainda não sei quando.
Os outros, por motivos vários, só poderão estar de novo à venda, aquando duma reedição.
Mas se acaso tiver interesse maior,
poderemos "falar" sobre este assunto por mail.
Entretanto envio um Abraço de todas as cores e votos de resto de Bom Domingo

Maria Mamede

4:51 da tarde  
Blogger C Valente said...

O encontro é uma festa, bem bonito
saudações

8:23 da tarde  
Blogger De Amor e de Terra said...

Olá C Valente;
Cada encontro de Amor, com maiúsculas, tem que ser uma Festa, caso contrário, não será o Tal!...

Abraço

Maria Mamede

5:49 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

siddhatha ongoing interoperate barbel respective suggestion civentichem trafficking client microwaves nightly
semelokertes marchimundui

10:27 da manhã  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home