sexta-feira, maio 04, 2007

TEUS BEIJOS

Teus beijos sabem a viagem
a oriente, a bruma
a ânsias de azul e sol
coisa nenhuma
do nascente ao poente
da estória;
teus beijos
sabem à memória
perdida, nos trigais do espanto
aos ondulantes cinzas do quebranto
da partida, a barcos e a sul.
Teus beijos
são no rio a outra margem
corsários e tesouro
e a pilhagem
depois da batalha
no mar alto;
teus beijos são
de sobressalto
por vezes
de miragem
oásis no deserto
e sabem a viagem
e vontade do teu longe
no meu perto!...

Maria Mamede

8 Comments:

Blogger TINTA PERMANENTE said...

O meu longe, amiga, sabe-o perto, eu sei. E, por isso, sempre que o tempo me dá tempo para o tempo, por estas bandas é sempre obrigatório que passe.
Afinal, Poesia, é uma aragem fresca e perfumada que, por aqui, perpassa...
Abraços!

7:35 da tarde  
Blogger Maria said...

"Teus beijos sabem a vontade do teu longe
no meu perto..."

É tão bonito, este poema...

É tão bom vir aqui "respirar"....

Bom domingo

8:39 da tarde  
Blogger Menina_marota said...

Como é bom recordar assim beijos...

Um poema de sentires e sensibilidades, que me trouxe memórias passadas, mas não esquecidas...

Um abraço carinhoso e bom domingo ;)

10:42 da manhã  
Blogger Isabel said...

Aos poucos vou descobrindo cantinhos, como este, onde se respiram sonhos, recordações, sensibilidades...

parabéns pela ternura das palavras.

Bjt

12:28 da manhã  
Blogger bom dia isabel said...

Teus beijos, amiga, têm o sabor da magia, do feitiço, do sonho...
e passar por aqui , Mamede, é como ir ao encontro da paisagem paradisíaca, de deslumbre, de encanto...onde a minha alma fica extasiada.

Poesia fascinante, a tua!Tecida com os filamentos do coração...

Beijinhos mil, amiga minha!

9:43 da manhã  
Blogger Bichodeconta said...

Parabéns pelos poemas maravilhosos com que sempre nos presenteia... Voltarei aqui para me embriagar em tanta sensibilidade.. Um abraço... Ell

8:54 da tarde  
Anonymous bicho do quarto said...

Tenho acompanhado com interesse a sua poesia.´Fico especialmente encantada com alguns poemas seus musicados pelo Carlos Andrade. Parabéns pois. Permita-me a ousadia de pedir que corrija a palavra "viagem" que por lapso, creio, está escrita com J.
Como admiradora confessa, deixo aqui também um beijo...

3:19 da tarde  
Blogger Bichodeconta said...

Não sou o bicho do quarto mas sim o bichodeconta.. Não fui eu que corrigi o erro, não o faria.. Já comentei nos seus magníficos posts que acho de uma enorme sensibilidade. Um abraço.. Ell
Agradeço no entanto a sua visita o seu comentário que possívelmente se dirigia a outra pessoa..

8:38 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home